A coleção CHERUB na comunicação social
07.05.2013
O que dirá a comunicação social da coleção CHERUB?

Apresentamos, abaixo, algumas das coisas que já se disseram e escreveram sobre os livros de Robert Muchamore publicados em Portugal.

É o autor estrangeiro preferido dos jovens leitores portugueses.
Diário de Notícias

Num país em que os pais se queixam sobre a falta de leitura dos filhos, Muchamore contraria esta situação.
Diário de Notícias

Robert Muchamore é o escritor infantojuvenil da atualidade.
Jornal de Notícias

Robert Muchamore criou um novo tipo de agente secreto: miúdos órfãos. Os livros da coleção Cherub dirigem-se a jovens entre os 12 e os 17 anos. E são um sucesso.
Sol

Robert Muchamore, autor juvenil das séries CHERUB, arrasta multidões.
Diário Económico

Escritos com um ritmo de thriller e com uma imaginação contagiante, os episódios de cada livro marcam o estilo jovial e atraente de contar histórias dos nossos tempos.

Carlos Pinto Coelho

Os serviços secretos britânicos MI5 têm uma ramificação juvenil. Crianças e jovens são recrutados para missões de combate ao terrorismo e ao tráfico de droga. São formados na Cherub, a academia imaginada por Robert Muchamore.

Público

Robert Muchamore, autor juvenil das séries CHERUB, arrasta multidões.

Diário Económico

Coleção que conquista milhões de jovens.
SIC

Uma aventura alucinante com jovens que oficialmente não existem, pois pertencem ao ramo juvenil do MI5 britânico.
João Paulo Sacadura, TVI

Em Portugal lidera as preferências entre os jovens.
RTP

As aventuras de crianças órfãs que se tornam espiões dos serviços secretos britânicos são um sucesso entre os adolescentes.

RTP

A saga juvenil CHERUB vem, tal como Harry Potter, do Reino Unido, e está a conquistar jovens um pouco por todo o mundo.

RTP

Livros do britânico Robert Muchamore são um sucesso entre os adolescentes.
RTP

SocialTwist Tell-a-Friend